Socrates
agenda

Compartilhando dados e evoluindo

Da mesma forma que o grande Sócrates fez na Grécia Antiga ao dedicar sua vida em difundir o seu conhecimento, sabendo ouvir as opiniões de outras pessoas, e assim, chegar a uma ideia mais completa e mais próxima da verdade inicialmente proposta, o palco que leva seu nome debaterá acerca de temas como software livre, código aberto e civic hacking, afim de promover o compartilhamento irrestrito de dados entre os desenvolvedores.

Um conjunto de temas que vem ganhando cada dia mais destaque no cenário tecnológico atual, principalmente na comunidade desenvolvedora ativa brasileira, e que pretende criar soluções constantemente aperfeiçoadas para os problemas diários do seres humanos.

Palestra

Fique rico com Software Livre

rico

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Mesmo as grandes empresas estão descobrindo que o Software Livre significa a criação mais rápida de novos produtos, maior inovação e maior controle sobre os seus negócios. Esta palestra vai discutir por que essas afirmações são verdadeiras, bem como dar alguns conselhos concretos sobre como iniciar seu próprio negócio com Software Livre.

Palestrantes:

Jon "Maddog" Hall - Diretor Executivo da Linux International. O apelido lhe foi dados por seus alunos na Hartford State Technical College, onde ele era Chefe do Departamento de Ciência da Computação. Jon trabalha com informática desde 1969, trabalhou para a Western Electric Corporation, Aetna Life and Casualty, Bell Laboratories, Digital Equipment Corporation, VA Linux Systems, e SGI. Atualmente, ele é o CTO e embaixador da Koolu. Seu interesse por Linux surgiu na época em que trabalhava na Digital e foi fundamental para conseguir equipamentos e recursos para que Linus Torvalds pudesse completar seu primeiro porte, uma versão do Linux para a plataforma Alpha da Digital. Ele é reconhecido na comunidade de desenvolvedores e uma figura respeitada no movimento do software livre. No UK Linux and Open Source Awards 2006 ele recebeu um Prêmio de Reconhecimento para Toda a Vida por seus serviços à comunidade de Código Fonte Aberto. Hall possui mestrado em Ciência da Computação pelo Rensselaer Polytechnic Institute (1977) e um Bacharelado em Comércio e Engenharia pela Drexel University (1973).

Link campuse.ro

Painel

Desenvolvimento de games com software livre

 

games

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Se você tem interesse na criação de jogos eletrônicos, este painel é uma oportunidade de ouvir experiências de pessoas que trabalham com práticas de gerenciamento de equipes e projetos de games e aprender sobre processos de elaboração criativa de jogos, além de conhecer as atuais ferramentas de desenvolvimento utilizadas na área.

Palestrantes:

Salete Farias Almeida:Mestra em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Bacharel em Ciência da Computação (UFMA) e com graduação em Pedagogia (UFMA). Atua principalmente nos seguintes temas: Software Livre, Recursos Educacionais Abertos, Softwares Educativos, Educação à distância, Mulheres e Software Livre, Linguagens de Programação e Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão - IFMA. Coordenou programas de Educação a Distância e é integrante do Grupo GarotasCPBr. Já palestrou em edições da Campus Party, participando ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR6.

Wilson Kazuo MizutaniCursando Bacharelado em Ciências da Computação no Instituto de Matemática e Estatística da USP (IME-USP). Desenvolvedor no USPGameDev. Organizador da II Semana de Software Livre da USP. Organizador auxiliar do V Encontro do BCC. Colaborador do Centro de Competência em Software Livre do IME-USP. Projetos desenvolvidos: Horus Eye, UGDK e Projeto Ouroboros. Professor de cursos extracurriculares no Programa Ensinar com Pesquisa da USP

Fernando Masanori: Docente da FATEC São José dos Campos, adora dar aulas. Criador do primeiro MOOC para ensino de programação em português: Python para Zumbis. Na primeira edição tivemos mais de 6 mil zumbis inscritos. Interesses: Python, Data Warehouse, Google Technology, Facebook.

Vinícius Daros: Cursando mestrado e graduado em Ciência da Computação no Instituto de Matemática e estatística da USP (IME-USP). Pesquisa o uso de machine learning no jogo TORCS, simulador de corridas open-source. Membro fundador do grupo USPGameDev, gamer e entusiasta do mundo Linux. Já trabalhou na IBM Research BR e fez iniciação científica sobre métricas de código fonte de projetos de Software Livre.

Link campuse.ro

Palestra

Neurotecnologia: sua mente no controle na plataforma Linux

neurotecnologia

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Conheça a tecnologia que torna possível controlar o computador, trocar canais da televisão e manipular dispositivos com a mente. Apresentação de diversos equipamentos disponível no mercado, diferenças entre os produtos, tendências de tecnologia de código aberto e proprietário. Aconselho para todos que desejam ingressar no mundo da tradução de sinais neurais, detectando atividades cerebrais de forma não invasiva através da eletrencefalográfica.

Palestrante:

Alessandro Faria: Sócio-fundador da empresa NETi TECNOLOGIA fundada em Junho de 1996, empresa especializada em desenvolvimento de soluções com a tecnologia de Reconhecimento Facial, Consultor Biométrico, Experiência em Realidade Aumentada, Visão Computacional (opencv), Neuro-tecnologia e Programação multi-nuclear com GPU, atua na área de tecnologia desde 1986, leva o Linux a sério desde 1998, membro da comunidade Viva O Linux com mais de 100 artigos publicados, mantenedor da biblioteca open-source de vídeo captura, Embaixador e openSUSE Member.

Link campuse.ro

Painel

O que tem a ver: Espionagem, Redes Sociais e Manifestações?

espionagem

As empresas, o povo e o governo brasileiro estavam preparados para entender o que houve durante as manifestações no período de junho a julho de 2013? E logo em seguida as revelações sobre espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA, em inglês) dos Estados Unidos? Enfim, o que isso tem haver com o uso da internet e redes sociais? E porque discutir isso na área de Software Livre? Vamos debater muitas dessas perguntas, quais ainda permeiam as discussões até hoje.

Palestrantes:

Valéssio Soares de BritoJacobinense, hacker, artista digital e ativista do conhecimento livre. Especialista em Desenvolvimento de Software Livre e Graduado em Comunicação Social. Trabalhou no Programa Onda Solidária de Inclusão Digital, desenvolvido pela UFBA – Universidade Federal da Bahia, no período de 2009 a 2012, desenvolveu ambientes virtuais e outras ações para a Cooperativa de Tecnologias Livres – COLIVRE e foi Consultor PNUD para design de interfaces e tecnologias livres na Secretaria de Assuntos Legislativos no Ministério da Justiça.

Marcelo Branco: Ex-coordenador da Associação Software Livre.org, foi um dos idealizadores do projeto Conexões Globais 2.0. Também foi coordenador da estratégia nas redes sociais da candidata eleita a Presidenta da República do Brasil Dilma Rousseff, três vezes diretor geral da Campus Party Brasil, tendo trabalhado para o governo da Generalitat de Catalunya, na Espanha, como assessor responsável pela Estratégia de Software Livre no governo. É articulador e um dos fundadores do Projeto Software Livre Brasil.

Sérgio Amadeu: Sociólogo, defensor e divulgador do Software Livre e da Inclusão Digital no Brasil, foi um dos grandes implementadores dos Telecentros na América Latina e presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação. Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo, atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do ABC (UFABC), onde é um dos condutores do grupo de pesquisa Cultura Digital e Redes de Compartilhamento.

Wladimir Berchon Crippa: Nerd desde sempre, brincava com um CP 400 ligado na TV e no gravador com fita cassete; usuário GNU/Linux desde 1999; ativista da liberdade na rede; vice-presidente da Associação Software Livre de SC; coordenador do FLISOL 2013 em Florianópolis; desenvolvedor de sistemas web; ex-assessor de informática da câmara de vereadores de Florianópolis; coordenador do projeto Rede Social Livre; membro da Executiva Nacional do Partido Pirata do Brasil.

Ronald Emerson Scherolt da Costa: Coordenador Brasileiro do Festival Latino Americano de Instalação de Software Livre de 2014 e ativista do movimento de Software Livre. Está na Coordenação do projeto Participa.br, implementando uma rede social para diálogo, colaboração e participação social na Secretaria Geral da Presidência da República.

Alberto J. Azevedo: cursou Tecnologia em Informática no Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná(CEFET-PR). Acumula mais de 14 anos de experiência em TI, tendo se especializado em Segurança de Redes Corporativas. Foi instrutor e coordenador no Projeto Select – treinamento em informática para todos os funcionários do Governo do Paraná – e também, Diretor Geral na Nova Era Informática e Telemática, desenvolvendo projetos em grandes empresas, tais como: Rede Paranaense de Comunicação, Drogamed, Coopavel, Colégio Expoente, Marcegaglia, Renault, Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná e CELEPAR. Entusiasta da comunidade Hacker, é criador da Metodologia ESPH (Enterprise Security Planning – Hack), para implementação da segurança em redes corporativas e do Projeto Security Experts, que reúne especialistas em segurança da informação, em todo território nacional com o objetivo de prover livre acesso à informação sobre segurança. Especialista em normas de segurança(ISOS) e palestrante em eventos internacionais, corporativos e na comunidade Software Livre. Atualmente atua como consultor de segurança para grandes empresas dos setores industrial e de serviços no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas e Estados Unidos.


Link campuse.ro

Painel

Distribuições GNU/Linux - entenda como funciona

gnu linux

Atualmente existem várias distribuições GNU/Linux, umas são mantidas por comunidades como universidades, governos, e também existem as distribuições mantidas por empresas. Entenda como esse universo das distribuições funciona e conheça algumas delas.

Palestrantes:

Paulo Henrique de Lima Santana: Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trabalha com administração de redes e sistemas GNU/Linux em Curitiba. Entusiasta de Software Livre, participa de diversos grupos de atuação e já palestrou em edições do FISL, da Latinoware e da Campus Party. Já coordenou a organização de eventos como ENECOMP, FLISOL, SFD, e DFD, participou ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR5 além de ser o curador da Área durante a CPBR6, CPRecife1 e CPRecife2.

Izabel Valverde: Membro ativa da Comunidade openSUSE. Junto ao “openSUSE Travel Support Program” atua como responsável pelo planejamento e finanças do programa com o objetivo de incentivar pessoas da comunidade nacional e internacional a representarem openSUSE em eventos, congressos e hackfets. Também parte da organização dos eventos da Comunidade openSUSE como Summit e openSUSE Conference na elaboração de planos de patrocínio. Para o lançamento da mais recente versão do sistema operacional openSUSE em operação atua junto a equipe de marketing contribuindo na preparação de materiais como o Press Release, Release e guias de referência. Membro voluntária da GNOME Foundation desde 2003.

Luiz Henrique Rauber Rodrigues: Professor universitário na URI Campus Santiago, mestrando em Nanociências (UNIFRA), especialista em Gereciamento de Projetos (PUCRS/PMI-RS)... dentre interesses e atuação estão Algoritmos e Gestões Projetos/ Empresarial/ Estratégia à Startups de Tecnologia. Já palestrou em eventos como fisl e Latinoware e organizou eventos TDC/ Tchelinux/ Flisol/ DebianDay. É da equipe de Coordenação do GUGP (Grupo de Usuários de Gerenciamento de Projetos) e GU-Mobile da Sucesu-RS

Francisco Erik da Silva: Coordenador de Tecnologia da Informação no Instituto Federal de Educação de São Paulo - Campus Avaré Formação: Tecnólogo em Gestão Empresarial com ênfase em Sistemas de Informação Tecnólogo em Informática para Negócios Certificação Profissional Comptia Linux+ Certificação Linux Professional Institute Experiência com servidores Linux Centos, Debian, Ubuntu Implantação de servidores de arquivos, DHCP, Proxy cache, DNS primário e secundário Configuração de Vlans.

Davi Souza: Cursando Bacharelado em Sistemas de Informação na FHO Uniararas, é Embaixador do Projeto Fedora Brasil , Membro QA- Fedora Quality Assurance e entusiasta do Software Livre.


Link campuse.ro

Palestra

GNU/Linux, Software Livre e tudo mais

 

gnu linux 2

Uma apresentação sobre o Mundo Software Livre: licenças, sistemas operacionais (GNU/Linux, Unix), interfaces gráficas, programas, instalação e comunidades. Descubra ainda as formas de ganhar dinheiro usando Software Livre.

Palestrantes:

Guilherme Mar: Analista de sistemas no Terra Networks em Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação recém formado pela ULBRA Canoas, desenvolvedor web e entusiasta Software Livre há anos, já palestrou no FISL e vários Fóruns Tchêlinux, sendo neste segundo um dos responsáveis pelo Fórum de Porto Alegre. É fã do Guia dos Mochileiros das Galáxias e Sherlock Holmes.

Link campuse.ro

Palestra

Porque vender software livre é ainda mais difícil do que parece

venda

Software Livre é um fenômeno com a cara do século XXI. Nasceu e cresceu com a Internet. É tanto atividade economica quanto movimento social. Sua população de usuários e desenvolvedores cresce de forma vertiginosa. E, de maneira similar à revolução da mídia digital, é um desafio para os processos econômicos e comerciais atuais. Há mais de 15 anos empresas tentam aproveitar esse novo paradigma para criar modelos de negócio viáveis. Nesta palestra vamos estudar alguns casos importantes, e compartilhar experiências de uma década tentando vender produtos e serviços baseados em software livre no Brasil e no mundo.

Palestrante:

Christian Robottom Reis: Mestre em Engenharia de Software pelo ICMC USP São Carlos, e Engenheiro de Computação pela UFSCar, trabalha com Linux e software livre há 15 anos. Mestre em Engenharia de Software pelo ICMC USP São Carlos, e Engenheiro de Computação pela UFSCar, trabalho com Linux e software livre há 15 anos. Sou vice-presidente da Canonical, a empresa que produz o Ubuntu. Na Canonical é responsável pela divisão Hyperscale, focada em tecnologia de alta escala e hardware de alta densidade para datacenters. Sócio-fundador da Async Open Source, empresa dedicada ao desenvolvimento e implantação de soluções de software livre, onde cria e distribui o Stoq, uma solução de gestão comercial e frente de loja totalmente adaptada à legislação fiscal brasileira. Durante anos foi participante ativo em alguns projetos de software livre: Mozilla, Bugzilla, Python e GTK+; é o criador do Kiwi, um framework GUI para Python, e co-autor do IndexedCatalog, um mecanismo de indexação para o ZODB em Python. Vice-presidente da Canonical, a empresa que produz o Ubuntu. Na Canonical é responsável pela divisão Hyperscale, focada em tecnologia de alta escala e hardware de alta densidade para datacenters. Sócio-fundador da Async Open Source, empresa dedicada ao desenvolvimento e implantação de soluções de software livre, onde cria e distribui o Stoq, uma solução de gestão comercial e frente de loja totalmente adaptada à legislação fiscal brasileira. Durante anos foi participante ativo em alguns projetos de software livre: Mozilla, Bugzilla, Python e GTK+; é o criador do Kiwi, um framework GUI para Python, e co-autor do IndexedCatalog, um mecanismo de indexação para o ZODB em Python.

Link campuse.ro

 

Painel

Desenvolvimento web com CMS Livre

CMS livre

Membros das comunidades dos principais CMS livres da atualidade vão discutir as características de cada sistema para ajudar a tirar dúvidas da plateia. O objetivo é discutir formas de colaboração mútua e incentivar a adoção de CMS livres para a geração de conteúdo na internet.

Palestrantes:

Valéssio Soares de Brito: Jacobinense, hacker, artista digital e ativista do conhecimento livre. Especialista em Desenvolvimento de Software Livre e Graduado em Comunicação Social. Trabalhou no Programa Onda Solidária de Inclusão Digital, desenvolvido pela UFBA – Universidade Federal da Bahia, no período de 2009 a 2012, desenvolveu ambientes virtuais e outras ações para a Cooperativa de Tecnologias Livres – COLIVRE e foi Consultor PNUD para design de interfaces e tecnologias livres na Secretaria de Assuntos Legislativos no Ministério da Justiça. Valerio Souza Pinto: Especialista em WordPress desde 2008 e trabalha com WEB desde 1998. Participou do desenvolvimento do WordPress 3.6, 3.7 e 3.8 e é o responsável pelo WordCamp BH.

Valerio Souza Pinto: Especialista WordPress desde 2008, Articulista do iMasters e do Tudo para WordPress. Estudante de Publicidade e Propaganda na Estácio de Sá e formado em Marketing. Participa do desenvolvimento das novas versões do WordPress e desenvolvedor da Agência Trii. Entusiasta e Evangelista da plataforma, tradutor das versões e plugins, membro da comunidade Brasileira, moderador do maior grupo do WordPress no Facebook, um dos criadores do Belo Horizonte WordPress Group e do Grupo de usuários do WordPress Brasil e organizador do WordCamp BH.

Sebastian Ferrari: Desenvolvedor Web Drupal desde 2005. Especializado em criação e consultoria de portais de muita audiência e com grande quantidade de conteúdo usando Drupal como CMS e Framework. Co-Fundador e Diretor de Tecnologia da Taller. Membro da comunidade Drupal desde 2009 como "Organization Member", na qual contribui com módulos e patches para melhorar ou corrigir módulos de outros contribuidores. Escreve também para o Drupal de Elite, uma iniciativa da Taller.

Kazuo Gomi Filho: Consultor Joomla desde 2007. Especialista em soluções web usando o CMS Joomla, indicando ou criando ferramentas para melhor aproveitamento das funcionalidades do sistema. Palestrante de Joomla Days São Paulo e Rio de Janeiro. Moderador e membro de várias comunidades Joomla  espalhadas pelas redes sociais. 

Jeison Frasson: Formado com DBA Oracle, trabalha com desenvolvimento de sistemas on-line, é especialista em design de experiência de usuário. Atua com linguagens PHP e JS além de HTML e CSS e com os bancos Oracle e Mysql. Atualmente trabalha no projeto lliure (software on-line que tem o papel de gerenciar as diversas aplicações on-line, blog, loja virtual, catálogo de produtos conteúdos em geral e até gerenciamento de empresas como CRM, controle de estoque e vendas). CTO da Rede synapseshub, uma rede social para projetos/startups. Em um cenário econômico propício ao surgimento de iniciativas empreendedoras. A synapseshub consiste no desenvolvimento de uma plataforma online de inovação, capacitação e fomento a ideias e projetos, com o objetivo de constituir novas startups com maior chance de êxito. Esse processo, busca conectar os principais players desse ecossistema de modo otimizado, construindo conexões duradouras e efetivas entre o empreendedor e o mercado.

Eduardo Pina Mamede: Coordenador Executivo de Professional Services na Algar Tech. Administrador do Portal 107Brasil. Apoiador do Software Livre e defensor de sua utilização no Mercado Coorporativo. Atuou 3 anos como Executivo de Estratégia e Inovação no grupo Algar. 14 Anos de experiência em Tecnologia da Informação e Comunicação. Graduado em Redes de Computadores e Pós Graduado em Gestão de TI.

Link campuse.ro

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Painel

Modelo de desenvolvimento ágil em software livre

Modelo de desenvolvimento

Scrum, XP e Kanban são metodologias de desenvolvimento ágil que possibilitam grande redução do tempo de cada iteração de desenvolvimento, aumentando a velocidade do aprendizado através de feedback real dos clientes/usuários. Vamos debater como aplicar essas metodologias no desenvolvimento do software livre e também como trazer essa prática de startups para dentro de grandes equipes, tornando o desenvolvimento mais adaptável as mudanças.

Palestrantes:

José Honorato Ferreira Nunes: Professor do IF Baiano, coordenador do curso de Licenciatura em Ciências da Computação, Especialista em Gestão da Informação , Bacharel em Análise de Sistemas e Técnico em Contabilidade. Usuário entusiasta e divulgador do software e da cultura livre, desenvolvedor de sistemas e empreendedor.

Alan Braz: Pesquisador da IBM Research na área de Sistemas de Serviços com foco em arquitetura e metodologias de desenvolvimento de software. Mestre em Ciência da Computação pela UNICAMP pesquisando o Desenvolvimento de Sistemas Confiáveis usando Métodos Ágeis. Desde 2005 trabalhando na IBM Brasil como arquiteto de software e líder de equipes ágeis de desenvolvimento. Instrutor, professor e palestrante de Engenharia de Software, Metodologias Ágeis e Social Business. Certificado ScrumMaster pela AgileAlliance e Enterprise Architect for JavaEE 5. Participante de inúmeros eventos relacionados à tecnologia, idealizador e organizador do CaipiraÁgil, evento local de Campinas desde 2011.

Dairton Bassi: Possui mestrado em Engenharia de Software e bacharelado em Ciência da Computação pelo IME-USP. Envolvido com agilidade há mais de 10 anos, é co-criador do Agile Brazil e do Agile Trends.  Foi CTO da Dafiti e implantou metodologias ágeis em inúmeras empresas.

Fábio Levy: Possui doutorado, mestrado e graduação em Engenharia de Computação pela Escola Politécnica da USP (Poli-USP). Atua na área Engenharia de Software, especificamente em engenharia de requisitos e processos de software, tendo experiência na criação e implantação de fábricas de software. Trabalha como consultor e como professor convidado na Universidade Presbiteriana Mackenzie (desde 2013) e no Programa de Educação Continuada da Poli-USP (desde 2006).de negócio com software livre. 

Link campuse.ro

painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Palestra

Por que os profissionais de Software Livre são mais valorizados

value person

O Governo Federal do Brasil tem investido na adoção e utilização de

Software Livre, tanto como alternativa para seus sistemas como para

popularizar o seu uso pela sociedade. Parte desta estratégia nasce da

concepção de que o Software Livre traz várias vantagens em termos de

apropriação do conhecimento tecnológico.

A presenta palestra mostrará a estratégia geral de adoção de Software

Livre pelo Governo Federal, as vantagens decorrentes do seu uso e da

adoção de seu modelo de negócio, tendo como foco principal as

vantagens para os profissionais da área que adotam este tipo de tecnologia.

Palestrante:

Deivi Kuhn: Entusiasta de Software Livre. Formado em Ciências Econômicas pela

UFRGS e pós-graduado em Administração de Redes Linux pela UFLA. É

funcionário do SERPRO, aonde exerce o cargo de Coordenador de Inovação

e Software Livre na Coordenação de Ações Governamentais. É

secretário-executivo do Comitê de Implementação de Software Livre do

Governo Brasileiro.

Link campuse.ro

painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Painel

É possível empreender e ganhar dinheiro com software livre?

empreender

rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos rumos e oportunidades de negócio com Software Livre. A dinâmica deste painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu próprio negócio.

Palestrantes:

Paulo Henrique de Lima Santana: Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trabalha com administração de redes e sistemas GNU/Linux em Curitiba. Entusiasta de Software Livre, participa de diversos grupos de atuação e já palestrou em edições do FISL, da Latinoware e da Campus Party. Já coordenou a organização de eventos como ENECOMP, FLISOL, SFD, e DFD, participou ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR5 além de ser o curador da Área durante a CPBR6, CPRecife1 e CPRecife2.

Marcio Junior Vieira: Fundador e CEO da Ambiente Livre Tecnologia. Desenvolvedor de Software ,Trabalha com Software Livre desde 2000. Formado em Tecnologia em Informática(UFPR), Pós-Graduado em Software Livre(UFPR). Palestrante em congressos relacionados a Software Livre: CONISLI, SOLISC, FISL, LATINOWARE, FLISOL, SFD, Pentaho Day e Joomla Day. Especialista implantação e customização de Pentaho, Alfresco, LimeSurvey, Joomla, SugarCRM e dotProject.

Marcelo Marques: Ex-office boy com louvor, ex-segundo colocado em truco na faculdade de administração, ex-vendedor de produtos proprietários com backdoors. Sendo um dos fundadores da empresa 4Linux, considerada uma das maiores empresas de software livre do Brasil, aprendeu como afundar e como salvar uma empresa. Criador do HackerTeen, considerado único no mundo pela Harvard Business School, escreveu o livro "Internet Blackout" que ficou entre os 5 mais vendidos na Amazon, categoria Kids. Atualmente, além de cuidar do marketing e vendas na 4Linux, olha com atenção o mercado mundial de educação à distância.

Fabio Pires: Formado em ciencias da computação e pós-graduado em análise e projetos de sistemas pela FATEC-SP atualmente divide seu tempo na direção e planejamento das empresas solutions for it (www.s4it.com.br) a qual é fundador e da utah networxs (www.utah.com.br). Profissional certificado pela lPI – Linux Professional Institute atua há mais de 10 anos com software livre. Especialista na área de alta disponibilidade possui diversas publicações entre elas – Avaliação Financeira na Implantação de cluster de alta disponibilidade utilizando plataformas livres e proprietárias-FATEC-SP, implantação de servidores com foco em Segurança, Performance e Alta Disponibilidade – FATEC-SP. Ex-colaborar da comunidade Debian, já atuou como desenvolvedor de pacotes .DEB para distribuição Linux Aberium Systems. Como hobby atua como professor universitário para turmas de graduação e pós-graduação ministrando disciplinas de servidores de aplicações, sistemas operacionais livres e servidores de rede. Entre outras atividades presta consultoria na área de segurança de servidores web para empresas privadas e órgãos governamentais, visando a interoperabilidade dos serviços e alta performance dos mesmos.

Link campuse.ro

Painel

O uso e o desenvolvimento de Software Livre na Universidade

desenvolvimento

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Usar e desenvolver Software Livre no meio acadêmico possibilita melhorias didáticas e acadêmicas? É capaz de modificar os futuros profissionais? A liberdade de informação, o compartilhamento de conhecimento e a acessibilidade que o Software Livre apresenta é importante para o desenvolvimento dos estudantes, docentes e da própria Universidade?

Palestrantes:

Salete Farias AlmeidaMestra em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Bacharel em Ciência da Computação (UFMA) e com graduação em Pedagogia (UFMA). Atua principalmente nos seguintes temas: Software Livre, Recursos Educacionais Abertos, Softwares Educativos, Educação à distância, Mulheres e Software Livre, Linguagens de Programação e Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão - IFMA. Coordenou programas de Educação a Distância e é integrante do Grupo GarotasCPBr. Já palestrou em edições da Campus Party, participando ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR6.

Luis C. E. De BonaÉ professor do departamento de informática da UFPR e pesquisador do C3SL - Centro de Computação Científica e Software Livre. Seus temas de interesse são Cloud Computing, Sistemas de Preservação Digital, Redes Peer-to-Peer, Informática na Educação e Software Livre.

Luiz Henrique Rauber Rodrigues - Professor universitário na URI Campus Santiago, mestrando em Nanociências (UNIFRA), especialista em Gereciamento de Projetos (PUCRS/PMI-RS)... dentre interesses e atuação estão Algoritmos e Gestões Projetos/ Empresarial/ Estratégia à Startups de Tecnologia. Já palestrou em eventos como fisl e Latinoware e organizou eventos TDC/ Tchelinux/ Flisol/ DebianDay. É da equipe de Coordenação do GUGP (Grupo de Usuários de Gerenciamento de Projetos) e GU-Mobile da Sucesu-RS.

Cíntia Mercês Souza - Bacharelanda em Ciência da Computação na Universidade Federal da Bahia(UFBA). Trabalhou durante 2008 e 2009 no Indigente - Interactive Digital Entertainment aprimorando o motor de jogos INGE (INdigente Game Engine) desenvolvido pelo grupo. Atua com inclusão digital e informática na educação desde 2010 no Programa Onda Digital (POD), e desde os meados de 2011 faz parte da equipe de Coordenação Técnica do Programa.

Juliana Oliveira - Graduanda em Ciência da Computação na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua desde 2011 nas áreas de inclusão digital e informática na educação através do Programa Onda Digital (www.ondadigital.ufba.br), programa permanente de extensão universitária da UFBA.

Nelson Lago - Gerente Técnico do Centro de Competência em Software Livre do IME/USP, onde trabalha pela divulgação do software livre, e doutorando em Ciência da Computação, também no IME/USP, onde obteve seu mestrado. Ministrou diversos cursos e palestras sobre linux e software livre, abordando tanto aspectos técnicos quanto conceituais. Tem artigos publicados em eventos no Brasil e no exterior. Participou do processo de criação da ONG “LinuxSP”, onde ofereceu, juntamente com outros voluntários, apoio técnico ao projeto dos telecentros da prefeitura de São Paulo.

Link campuse.ro

Palestra

Existe vida depois do Arduino?

 

arduino

Em uma época que temos toda a possibilidade de tornarmos ideias em realidade, plataformas como Arduino, Raspberry Pi, BeagleBone Black e tantas outras nos ajudam muito nessa tarefa. A proposta desta palestra é direcioná-lo do ponto de vista tecnológico, de transformar um projeto em um produto viável para fabricação e comercialização da sua ideia. Dicas de desenvolvimento de hardware, programação, ferramentas auxiliares, lugares para comprar componentes e até mesmo a interação com outros profissionais.

Palestrante: 

Daniel Rodrigues de Sousa: Formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo, atua desde 1998 na área de hardware e software. Desenvolveu diversos trabalhos na área de reabilitação, engenharia clínica, instrumentação industrial e automação comercial. Atualmente dedica-se a projetos na área educacional, engenharia, produtos e suporte técnico. Ministra palestras e treinamentos. Autor de livros de microcontroladores pela Editora Érica.

Link campuse.ro

Palestra

Tire proveito do seu software

Software Livre

O desempenho de um software não é o quão rápido ele é executado em tempo real, mas o quão eficiente ele está na memória e ciclos de CPU. Esta palestra irá mostrar o progresso do software e hardware ao longo do tempo, demonstrar alguns sistemas interessantes para o desenvolvimento de software eficiente e mostrar-lhe como entrar em um concurso com base no desempenho.

Palestrantes:

Jon "Maddog" Hall: Diretor Executivo da Linux International. O apelido lhe foi dados por seus alunos na Hartford State Technical College, onde ele era Chefe do Departamento de Ciência da Computação. Jon trabalha com informática desde 1969, trabalhou para a Western Electric Corporation, Aetna Life and Casualty, Bell Laboratories, Digital Equipment Corporation, VA Linux Systems, e SGI. Atualmente, ele é o CTO e embaixador da Koolu. Seu interesse por Linux surgiu na época em que trabalhava na Digital e foi fundamental para conseguir equipamentos e recursos para que Linus Torvalds pudesse completar seu primeiro porte, uma versão do Linux para a plataforma Alpha da Digital. Ele é reconhecido na comunidade de desenvolvedores e uma figura respeitada no movimento do software livre. No UK Linux and Open Source Awards 2006 ele recebeu um Prêmio de Reconhecimento para Toda a Vida por seus serviços à comunidade de Código Fonte Aberto. Hall possui mestrado em Ciência da Computação pelo Rensselaer Polytechnic Institute (1977) e um Bacharelado em Comércio e Engenharia pela Drexel University (1973).

Link campuse.ro

Painel

O processo de construção colaborativo de revistas eletrônicas, fanzines e publicações em geral com software livre

produção cultural

Uma das principais ferramentas de comunicação para promoção e difusão do software livre, com certeza foram as revistas eletrônicas e fanzines, publicações periódicas diagramadas com software livre possuiam uma linha editorial específica ou compartilhada com diversas área do conhecimento e se relacionavam com a filosofia GNU. Venha conhecer um pouco da história e do trabalho dos principais colaboradores e realizadores deste trabalho.

Palestrantes:

Paulo Henrique de Lima SantanaBacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trabalha com administração de redes e sistemas GNU/Linux em Curitiba. Entusiasta de Software Livre, participa de diversos grupos de atuação e já palestrou em edições do FISL, da Latinoware e da Campus Party. Já coordenou a organização de eventos como ENECOMP, FLISOL, SFD, e DFD, participou ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR5 além de ser o curador da Área durante a CPBR6, CPRecife1 e CPRecife2.

Eliane DomingosEmpresária, CEO da EDX Informática, trabalha com ferramentas Open Source, presta serviços de Consultoria e Treinamento, com especialidade nas ferramentas LibreOffice e Ubuntu. Membro da TDF (The Document Foundation) mantenedora do LibreOffice, colaboradora voluntária da Comunidade LibreOffice, Comunidade SL-RJ, Blog Seja Livre, Blog da Comunidade Sempre Update, Blog iMasters, organizadora do Ciclo de Palestras Software Livre do SINDPD-RJ e fomentadora das tecnologias livres, editora da revista LibreOffice Magazine.

João Fernando Costa Junior: É administrador, professor, especialista em Informática na Educação e mestrando em educação. É o idealizador da Rede Espírito Livre, coletivo que atua na mobilização e organização de diversos eventos de software livre, na produção da Revista Espírito Livre e da TV Espírito Livre. Também atua como responsável pelo Projeto Software Livre-ES.

André NoelBacharel e Mestrando em Ciência da Computação (UEM), programador e usuário Linux desde 2002, membro oficial da Comunidade Ubuntu, autor do site Vida de Programador, casado com Raquel, pai do Mateus e da Gabrielle.

Mariel Zasso: Psicóloga de formação, atua como jornalista. Quatro anos de trabalho para a Campus Party ajudaram a traçar uma trajetória profissional completamente imersa no universo da cultura digital – focada na produção cultural e de conteúdo web com, sobre e para a tecnologia; Nesse mundo, encontrou suas bandeiras, e comprou briga em favor do conhecimento compartilhado, da liberdade na Internet e, é claro, do Software Livre.

Link campuse.ro

Palestra

Apps by You: Como capacitar para contribuir com o Mobile Ecosystem

Apps by you

Uma nova geração está sendo exposta à Internet pela primeira vez através de dispositivos móveis. A criação para o mundo mobile pode ser assustadora, por isso desenvolvedores experientes não estão fazendo apps sem uma estratégia de monetização clara. Mas, como vamos resolver este problema? Além de todo o trabalho para tornar a web uma plataforma de primeira classe com FirefoxOS, o que torna o mobile mais acessível para os desenvolvedores web, estamos construindo uma ferramenta separada para não-desenvolvedores para participar da festa. Venha aprender sobre AppMaker, seus objetivos, abordagem de design e arquitetura de contribuição. Você vai aprender como pretendemos democratizar aplicativos móveis, capacitar uma nova classe de criadores e criar um super apps.

Palestrante:

Simon Wex - Colabora com projetos criativos de liderança inspirando outros engenheiros. Ele é o líder do AppMaker Tech e an UnusuaL Suspect at Mozilla Labs. Fica sediado na British Columbia, no Canadá.

Link campuse.ro

Palestra

Jogaram PRISM no ventilador, e agora?

prism

Depois das denúncias do Snowden sobre o sistema de espionagem global criado e mantido pelo governo dos estados unidos via NSA e as principais empresas de TI (Google, Microsoft, Cisco e Facebook), não há mais como fazer cara de paisagem e usar o benefício da dúvida em seu favor. Quando se monitora? Onde? Porque? Quais as consequências?

Palestrantes:

Anahuac de Paula Gil: Membro fundador do G/LUG-PB – Grupo de Usuários Gnu/Linux da Paraíba, trabalha com informática a mais de 20 anos, trabalhou também como responsável pela área de informática da UNBEC (União Norte Brasileira de Educação e Cultura), que é a sede administrativa de todas as Escolas Maristas do Norte/Nordeste do Brasil, atendendo soluções de conectividade e implementação de políticas de informática educativa e uso da Internet. Professor de diversas disciplinas de informática por mais de 12 anos em uma rede de escolas técnicas e Universidades disseminadas no Nordeste chamada IBRATEC. Consultor de TI sempre propondo soluções que permitam substituir o software proprietário por software livre e ministrando palestras sobre os benefícios diretos e sociais do Software Livre para pequenas e grandes empresas e organizações governamentais. É, ainda, autor do livro OpenLDAP Extreme, um estudo sobre opções avançadas deste protocolo. É criador do Projeto KyaPanel – Gestor de Servidores (www.kyapanel.com), Sócio-Diretor da KyaHosting (www.kyahosting.com) e consultor independente para tecnologias livres para diversas organizações como a TV Globo e Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Link campuse.ro

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Painel

Você sabe o quanto é espionado? E como evitar?

spy

Hackers, crackers e anonymous vão debater as técnicas e ferramentas utilizadas pela Agência de Segurança Nacional (NSA, em inglês) dos Estados Unidos para espionagem eletrônica. Apresentando caminhos e ou alternativas de como escapar do PRISM e das ciladas web, fornecendo dicas de como minimizar os riscos e fortalecer a segurança pessoal ou de todas as informações armazenadas em seu computador.

 

Palestrantes:

Paulo Henrique de Lima Santana: Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trabalha com administração de redes e sistemas GNU/Linux em Curitiba. Entusiasta de Software Livre, participa de diversos grupos de atuação e já palestrou em edições do FISL, da Latinoware e da Campus Party. Já coordenou a organização de eventos como ENECOMP, FLISOL, SFD, e DFD, participou ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR5 além de ser o curador da Área durante a CPBR6, CPRecife1 e CPRecife2.

Anahuac de Paula Gil: Membro fundador do G/LUG-PB – Grupo de Usuários Gnu/Linux da Paraíba, trabalha com informática a mais de 20 anos, trabalhou também como responsável pela área de informática da UNBEC (União Norte Brasileira de Educação e Cultura), que é a sede administrativa de todas as Escolas Maristas do Norte/Nordeste do Brasil, atendendo soluções de conectividade e implementação de políticas de informática educativa e uso da Internet. Professor de diversas disciplinas de informática por mais de 12 anos em uma rede de escolas técnicas e Universidades disseminadas no Nordeste chamada IBRATEC. Consultor de TI sempre propondo soluções que permitam substituir o software proprietário por software livre e ministrando palestras sobre os benefícios diretos e sociais do Software Livre para pequenas e grandes empresas e organizações governamentais. É, ainda, autor do livro OpenLDAP Extreme, um estudo sobre opções avançadas deste protocolo. É criador do Projeto KyaPanel – Gestor de Servidores (www.kyapanel.com), Sócio-Diretor da KyaHosting (www.kyahosting.com) e consultor independente para tecnologias livres para diversas organizações como a TV Globo e Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Silvio Rhatto: Cypherpunk brasileiro que desde 2002 mantém um Manual de Criptografia. Desenvolveu um Gerenciador de listas de discussão criptografadas e mantém o Keyringer, um software para compartilhamento de segredos. Sempre manteve uma linha low profile, mas com a crescente preocupação da sociedade com o monitoramento das comunicações digitais, decidiu fundar Oblivia e oferecer um refúgio de dados no Brasil.

Gustavo Gobi Martinelli: Graduado em Ciências da Computação e Direito. Advogado (OAB/ES 17.364) especializando em Direito Digital. Mestrando em Direitos e Garantias Fundamentais pela FDV. Apresentador do Programa Liberdade Digital da TV Espírito Livre. Atuou durante 15 anos com TI com foco em gerenciamento eletrônico de documentos, experiência essa, atualmente, utilizada no Direito Digital.

Gilberto Sudre: Professor, Consultor e Pesquisador nas áreas de Seg. da Informação e Computação Forense. Coord. do Lab. de Segurança da Informação – LABSEG do Ifes - ES. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Seg. da Informação. Membro fundador da CSA - Cloud security Alliance. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia, Redes de Computadores e Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital.

Link campuse.ro

Silvio Rhatto Cypherpunk brasileiro que desde 2002 mantém um Manual de Criptografia. Desenvolveu um Gerenciador de listas de discussão criptografadas e mantém o Keyringer, um software para compartilhamento de segredos. Sempre manteve uma linha low profile, mas com a crescente preocupação da sociedade com o monitoramento das comunicações digitais, decidiu fundar Oblivia e oferecer um refúgio d

 

 

Silvio Rhatto Cypherpunk brasileiro que desde 2002 mantém um Manual de Criptografia. Desenvolveu um Gerenciador

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

de listas de discussão criptografadas e mantém o Keyringer, um software para compartilhamento de segredos. Sempre manteve uma linha low profile, mas com a crescente preocupação da sociedade com o monitoramento das comunicações digitais, decidiu fundar Oblivia e oferecer um refúgio de dados no Brasil..

 

 

 

obre cultura digital (culturadigitalcampinas.org.br)


Painel

Hackeando o Governo com Dados Abertos

Hackenado o governo

Os participantes do painel irão discutir os vários métodos para hackear dados públicos do governo federal, estadual e municipal para melhorar a vida das pessoas, usando estratégias para tornar as informações mais transparentes e legiveis para qualquer pessoa.

Palestrante:

Deivi Lopes Kuhn: "Entusiasta de Software Livre. Formado em Ciências Econômicas pela UFRGS e pós-graduado em Administração de Redes Linux pela UFLA. É funcionário do SERPRO, aonde exerce o cargo de Coordenador de Inovação e Software Livre na Coordenação de Ações Governamentais. É secretário-executivo do Comitê de Implementação de Software Livre do Governo Brasileiro."

Pedro Markun: Membro da Transparência Hacker e trabalha com dados abertos para promover participação política.

Luciano Santa Brigida: Jornalista graduado, analista de mídias sociais, webdesigner e sócio-diretor na agência SB Marketing Digital. Também é professor de Gestão de Marca nas Mídias Sociais na Escola de Propaganda em Belém e consultor de redes digitais no Ministério da Educação.

Thiago Xavier Ribeiro: Jornalista, formado pela PUCRS, e especialista em Marketing. Larga experiência em veículos de comunicação e assessorias de imprensa. Ingressou no mercado digital em 2009 e desde lá trabalhou em vários projetos nesse segmento. Atualmente é coordenador do PoA Digital, núcleo de comunicação online da Prefeitura de Porto Alegre, e do projeto de Open Data da capital gaúcha, o Datapoa.

Yasodara Cordova: É strategic designer, atualmente trabalha como Developer Relations no W3C Brasil. É formada em Design pela UnB e Pós-graduada em Gestão Estratégica pela FGV. Prestou consultoria em diversos projetos de inovação, principalmente no governo, com foco em melhoria de processos para o relacionamento com o cidadão e e prestação de serviços online. Também é entusiasta do software livre e de projetos abertos. Evangelista de padrões web abertos, com foco em melhorar a compatibilidade de qualquer coisa em padrões modernos.

 

Link campuse.ro

 

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Painel

Robótica Educacional com Software e Hardware Livre na Escola

robotica

Robótica educacional corresponde a uma aplicação da tecnologia na educação em que o ambiente de aprendizagem valoriza o planejamento, pesquisa, interesse, motivação e cooperação entre os alunos, através de uma rica experiência interdisciplinar, uma vez que envolve diferentes áreas de conhecimento e pessoas na resolução de problemas. A Robótica Educacional Livre, parte para soluções livres em substituição aos produtos comerciais, o que vamos apresentar é a possibilidade do uso de Hardware e Softwares Livres como base para a programação e aprendizado dentro das escolas.


Palestrantes:
 

Giany Abreu: Trabalha a mais de 25 anos na área de Educação na rede Municipal e Estadual de Volta Redonda, Pós-graduada e professora de Geografia, Atualmente é Coordenadora Pedagógica do Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal onde é a responsável Pedagógica pelo Projeto de Informática Aplicada à Educação - VRlivre, Colaboradora na Customização Liberdade, Administradora do Portal dos Implementadores, idealizadora do blog dos IAESMEVR, Colaboradora do MEC/FNDE ministrando capacitações LE 3 e 4.

Sergio Graças:  Trabalha a 13 anos na Secretaria Municipal de Educação de Volta Redonda, onde é Coordenador/Técnico do Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal onde é o responsável Técnico pelo Projeto de Informática Aplicada à Educação - VRlivre, Mantenedor da Customização Liberdade, Administrador do Portal dos Implementadores, idealizador do blog do Técnico Linux, um dos idealizadores e colaborador do blog dos IAESMEVR, Colaborador do MEC/FNDE ministrando capacitações sobre o LE 3 e 4.

Link campuse.ro

Palestra

Wikipédia: Educação e Colaboração
Wikipédia: Educação e Colaboração

Wikipedia Logo

Conheça em detalhes o funcionamento da Wikipédia e demais projetos mantidos pela Wikimedia Foundation. Nesta palestra apresentaremos informações relevantes para quem deseja colaborar e saber um pouco mais sobre o mundo Wiki além de apresentar números e dados importantes sobre a evolução da Wikipédia em português e demais idiomas. Um dos temas centrais apresentados será o Programa de Educação e as parcerias e possibilidades de envolvimento nos projetos Wiki.


Palestrantes:

Rodrigo Padula: Coordenador do Programa de Educação da Wikipédia no Brasil, pesquisador do PPGI/UFRJ. É militante do movimento do software livre latino-americano e membro atuante em diversos projetos desde a década de 90.

Celio Figueira da Costa Filho: Tem formação em Linguística e História e há anos lida com wikis e conhecimento aberto. Membro da Open Knowledge Foundation Brasil e do Programa Catalisador da Wikimedia Foundation no Brasil.

Link campuse.ro

Painel

Politicas públicas para REA e software livre na educação

politicas publicas

Desde a conferencia da UNESCO que deu um conceito ao REA até os dias atuais muitas iniciativas foram vistas, saiba o que está acontecendo no Brasil quando o assunto é Recursos Educacionais Abertos, das políticas públicas à criação de cursos online para fomentar o uso dessa prática.

Palestrantes:

Salete Farias Almeida: Mestra em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Bacharel em Ciência da Computação (UFMA) e com graduação em Pedagogia (UFMA). Atua principalmente nos seguintes temas: Software Livre, Recursos Educacionais Abertos, Softwares Educativos, Educação à distância, Mulheres e Software Livre, Linguagens de Programação e Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão - IFMA. Coordenou programas de Educação a Distância e é integrante do Grupo GarotasCPBr. Já palestrou em edições da Campus Party, participando ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR6.

Bianca Santana: Mestre em Educação pela Universidade de São Paulo, onde pesquisou os usos das tecnologias digitais na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Atualmente, é consultora da área de tecnologia educacional do Senac São Paulo e professora da pós-graduação em jornalismo multimídia da FAAP. É diretora de Educação do Instituto Educadigital, coorganizadora do livro Recursos Educacionais Abertos: práticas colaborativas e políticas públicas (Edufba/ Casa da Cultura Digital) e autora do livro didático de alfabetização de adultos Aprender para Contar (Editora  Hedra). Foi coordenadora de Tecnologia da Educação do Colégio Visconde de Porto Seguro, em São Paulo. Jornalista, formada pela Faculdade Cásper Líbero, foi professora de Língua Portuguesa na EJA, e já colaborou com a edição de livros e objetos educacionais multimidia nas editoras Ática, Moderna, Escala Educacional e Edições SM.

Débora Sebriam: Mestre em Engenharia de Mídias para a Educação pela Universidade Técnica de Lisboa – Portugal, Université de Poitiers – França e Universidad Nacional de Educación a Distancia – Espanha. É coordenadora de projetos do Instituto Educadigital, integra a equipe de Tecnologia Educacional do Centro Educacional Pioneiro, é gestora de comunicação do Projeto REA Br. Possui experiência na área de Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas à Educação, atuando principalmente com integração de tecnologias ao currículo, tecnologias e formação de professores, gestão de redes sociais, integração de Recursos Educacionais Abertos na escola e Uso Seguro das Telas Digitais.

Tel Amiel: Pesquisador no Núcleo de Informática Aplicada a Educação (NIED/UNICAMP). É coordenador do grupo de trabalho "Educação Aberta" (www.educacaoaberta.org) e colaborador do Grupo REA-Brasil  (http://rea.net.br/). Tem como foco de trabalho a escola pública e o ensino básico, bem como a formação de professores. Atualmente co-coordena um curso aberto sobre REA/EA (curso.rea.ufg.br) e trabalha com projetos de extensão e desenvolvimento sobre cultura digital (culturadigitalcampinas.org.br)

Link campuse.ro

Palestra

LibreOffice, show me the code!

 

code

Comece a desenvolver código para o LibreOffice. Conheça os Easy-Hacks, os maiores impulsionadores para a aglutinação de desenvolvedores no LibreOffice e os benefícios para o voluntário e para o profissional de se envolver na comunidade LibeOffice.

Palestrante:

Oliver Hallot: Engenheiro eletrônico graduado em 1982 na PUC-RJ, Msc em engenharia de sistemas pela PUC-RJ e MBA em Oil&Gas na COPPE/UFRJ. Trabalhou 12 anos na IBM, 3 anos na Oracle e desde 2002 atua em consultoria no segmento de software de código aberto. Foi fundador da ONG BrOffice e atuou como Diretor Financeiro até 2011. É membro fundador da The Document Foundation (produtora do LibreOffice) e membro eleito de seu Conselho de Administração. Atuou como Consultor Sênior na implementação do LibreOffice em empresas como Petrobras, Petros, agindo proativamente em diversas frentes de atividades técnicas: aconselhamento, montagem do projeto, treinamento, conversão de macros, montagem de extensões, programação de macros, elaboração de documentação técnica e um grande conhecimento dos problemas de gestão da mudança na migração para LibreOffice. Atua também na programação em C++ do LibreOffice.

Link campuse.ro

Palestra

Python para Zumbis: primeiro MOOC brasileiro para ensino de programação

python

O que Python tem para atrair mais de 6 mil inscritos num curso? Nesta palestra você não verá nada de teoria, veremos os códigos que mais fizeram a alegria zumbi: hackear fotos do Facebook sem autenticação, games clássicos diretamente no navegador, metaprogramação 42 (resposta para tudo), resolver a seletiva Hackaton Facebook em uma linha e muito mais. Já deixe Python 3.x e Pygame instalados em seu computador para acompanhar com links do github.

Palestrante:

Fernando Masanori: Docente da FATEC São José dos Campos, adora dar aulas. Criador do primeiro MOOC para ensino de programação em português: Python para Zumbis. Na primeira edição tivemos mais de 6 mil zumbis inscritos. Interesses: Python, Data Warehouse, Google Technology, Facebook.

Link campuse.ro

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Painel

Estimulando a participação das mulheres na tecnologia e em projetos de software livre

 

mulheres

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Mulheres envolvidas com tecnologia falam sobre os projetos criados/liderados por elas ou que tenham participação das mesmas, e abordam a competência técnica feminina no mundo tecnológico. Através de exemplos concretos, vamos estimular que mais mulheres se envolvam em projetos de Software Livre através das diversas formas de colaboração como desenvolvimento, tradução, design gráfico, transmissão do conhecimento, etc..

Palestrantes:

Salete Farias Almeida: Mestra em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Bacharel em Ciência da Computação (UFMA) e com graduação em Pedagogia (UFMA). Atua principalmente nos seguintes temas: Software Livre, Recursos Educacionais Abertos, Softwares Educativos, Educação à distância, Mulheres e Software Livre, Linguagens de Programação e Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão - IFMA. Coordenou programas de Educação a Distância e é integrante do Grupo GarotasCPBr. Já palestrou em edições da Campus Party, participando ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR6.

Haydee Svab: Engenheira Civil com dupla formação em Arquitetura pela USP, atualmente mestranda de Engenharia de Transportes também na Poli-USP e pós-graduanda em Democracia Participativa, Repúblicas e Movimentos Sociais na UFMG. É membro da comunidade Transparência Hacker e co-fundadora do PoliGNU – Grupo de Estudos de Software Livre da Poli-USP, bem como do PoliGen – Grupo de Estudos de Gênero da Poli. Enfim, uma militante que enfrenta o cotidiano lembrando sempre os motivos que a levaram a ser feminista, defensora dos direitos humanos (de todas gerações) e entusiasta de software, tecnologia e cultura livres: igualdade e liberdade.

Eliane Domingos: Empresária, CEO da EDX Informática, trabalha com ferramentas Open Source, presta serviços de Consultoria e Treinamento, com especialidade nas ferramentas LibreOffice e Ubuntu. Membro da TDF (The Document Foundation) mantenedora do LibreOffice, colaboradora voluntária da Comunidade LibreOffice, Comunidade SL-RJ, Blog Seja Livre, Blog da Comunidade Sempre Update, Blog iMasters, organizadora do Ciclo de Palestras Software Livre do SINDPD-RJ e fomentadora das tecnologias livres, editora da revista LibreOffice Magazine.

Adriana Cássia da Costa: Graduada em Publicidade e Propaganda (UFMT) e Desenvolvimento de Sistemas para Internet (IFMT), Mestre em Ciência da Computação (PUCRS). Atualmente atuo como Analista de Sistemas, sou membro da comunidade Curitiba Livre e colaboro com o Software Livre auxiliando na organização de eventos da área. Administradora do blog Mulheres, Tecnologia e Oportunidades (www.softwarelivre.org/mulheres).

Claudia Maria da Costa Archer: Militante do Movimento de Software Livre, Fundadora da Assossiação do Software Livre do Maranhão - ASL-MA, Professora da Disciplina Fundamentos de Software Livre na Universidade Ceumna, Mestre em Politicas Públicas, com a Dissertação "A Burocracia e as TIC's no Brasil: a experiência do Software Livre", a partir de 2003, Orientação de r Flavio Farias e Co-orientação de Sérgio Amadeu. Atualmente é Doutoranda do Programa de Políticas Públicas com tese sobre a política da internet do Brasil.

Link campuse.ro

Painel

Implemente Software de Gestão (ERP) Open Source e ganhe dinheiro

 

ganhw

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

A dinâmica deste painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é possível ganhar dinheiro implementando OpenERP. Se você tem interesse no desenvolvimento e implementação de software de gestão empresarial, este painel é uma oportunidade de ouvir experiências de pessoas que trabalham com práticas de gerenciamento de equipes e projetos de ERP e aprender sobre processos e metodologia, além de conhecer uma plataforma de classe mundial utilizada para gestão de empresas. Sistema Integrado de Gestão Empresarial, em inglês Enterprise Resource Planning (ERP), sistemas de informação que integram todos os dados e processos de uma organização em um único sistema. A integração pode ser vista sob a perspectiva funcional (finanças, contabilidade, recursos humanos, fabricação, marketing, vendas, compras, sistemas de informações gerenciais, sistemas de apoio a decisão, etc.).

Palestrantes:

Marcelo Ferri MachadoBacharel em administração de empresas e em Ciência da Computação pela Universidade Paulista (UNIP), e com MBA Executivo em Gestão de Negócios pelo IBMEC. Atua principalmente nos seguintes temas: Governança Corporativa, focado em alinhar tecnologia da informação ao negócio das empresas, Software Corporativo, Marketing Digital, Outsourcing de TI, Aplicações SaaS. Atualmente é sócio executivo na OutTech Services It empresa especializada em gestão e planejamento. Coordenou equipes multidisciplinares de infraestrutura, integração de sistemas, Service Desk, Telecom, Sistemas e Equipe de Vendas por mais de 15 anos.

Neimar Padua Rampazo: Bacharel em Análise de Sistemas pela UNG e técnico em Tecnologia da Informação pela Escola Federal de São Paulo. Forte atuação em Desenvolvimento de Software e Outsourcing de TI, Diretor de Fábrica de Software pela Procwork por mais de 10 anos, liderando equipes multidisciplinares em diversas linguagens. Hoje é o CEO da Chloros Consulting, empresa parceira da OpenERP S.A. que é o principal ERP Open Source do mundo.

 

Link campuse.ro

Painel

Hardware livre

Hardware

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Nesse painel discutiremos a importância do Hardware Livre e como ele tem contribuído e pode contribuir para que novas tecnologias sejam cada vez mais acessíveis a todos. Hardware Livre segue princípio de que o código fonte do software de um componente eletrônico seja regido por uma licença aberta e vale também para o próprio objeto físico, como o diagrama dos circuitos de um brinquedo ou de um liquidificador. Assim, é permitido o uso, alterações, distribuições, montagens e (re)venda para toda a comunidade. O Hardware Livre é aberto no mesmo sentido do software baseado em padrão aberto que Stallman abordou no Manifesto GNU. O hardware não pode ser grátis porque a duplicação sempre custa alguma coisa, no entanto, um produto físico é simplesmente a implementação de um design, e os designs de hardware podem ser oferecidos gratuitamente com uma licença aberta, com copyright ou patenteada.

Palestrantes:

Cleiton Galvão Santana:  Graduando em Ciência da Computação pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Atualmente Coordenador Geral da Executiva Nacional dos Estudantes de Computação (ENEC), participa do projeto de pesquisa e extensão intitulado "Educação científica para a diversidade étnico-cultural, SUBPROJETO: Construção de um Robô Étnico para quilombolas do ensino fundamental com a utilização da Robótica Livre”, presente em mesas e debates sobre Software Livre, como no FISL 14, XXIX ENECOMP e outros eventos. Possui interesses em: Software Livre; Hardware Livre; Cultura Livre; Colaboração; Estudo de Diversidade, Gênero e Tecnologia;

Filipe Moura: Matemático, ambientalista, escalador e, antes de tudo, programador – passou mais da metade da vida desenvolvendo softwares tanto no Brasil quanto no exterior. Um dos criadores da Metamáquina, a primeira empresa Brasileira a produzir impressoras 3D totalmente desenvolvidas com software livre e hardware aberto por uma comunidade mundial de desenvolvedores.

Marco Maciel: Profissional de TI a mais 18 anos. Atualmente trabalha na divisão de Java Embedded para a América Latina da Oracle. Também desenvolve projetos de computação física com Arduino e RaspberryPi. Pai de duas filhas lindas, casado, corredor de rua de fim de semana e de bem com a vida.

Rafael Melero: Sócio do Garoa Hacker Clube, graduando de Ciência da Computação pela PUC-SP, desenvolvedor e professor focado em hardware livre. Atualmente desenvolvendo um sistema que auxilia deficientes visuais a utilizarem o sistema de transporte público utilizando exclusivamente hardware livre.

Felipe Sanches: Ativista e desenvolvedor de software livre e projetista de hardware livre. Co-fundador da Metamáquina, empresa brasileira de impressão 3D, é um entusiasta das tecnologias de fabricação digital. Participa do desenvolvimento de softwares livres nas áreas de design gráfico, CAD e modelagem/impressão 3D como Inkscape, OpenSCAD, Pronterface e GNU LibreDWG. É também co-fundador do Garoa Hacker Clube, primeiro hackerspace brasileiro, e do PoliGNU: Grupo de Estudos de Software Livre da Escola Politécnica da USP.

Rodrigo Rodrigues: Engenheiro, empreendedor e ativista, é co-fundador da Metamáquina, a primeira fabricante brasileira de open hardware. Atuante na comunidade de software livre há 10 anos, foi um dos criadores do Grupo de Estudos de Software Livre da Poli/USP e é desenvolvedor do Projeto GNU. Também é membro fundador do Garoa Hacker Clube, o primeiro hackerspace a entrar em atividade no país.

Thiago Costa de Paiva: Engenheiro eletrônico especializado em sistemas embarcados. Entusiasta em Software Livre, é integrante do PoliGNU praticamente a partir da fundação do grupo, em 2009. E, entrelaçando sua especialização com suas convicções, aproximou-se do Hardware Livre em 2011 numa jornada que ampliou seus horizontes e a cada dia se torna mais instigante e recompensadora.

Link campuse.ro

Palestra

Monitoramento Enterprise com Zabbix + RHEL

monitoramento

Para grandes corporações, disponibilidade da infraestrutura custa caro e frequentes downtimes podem impactar diretamente na continuídade dos negócios, implicando em prejuízos desastrosos e multas astronômicas. Nessa palestra, será apresentada a solução Enterprise e Open Source para monitoramento de toda infraestrutura de TI, combinando o sistema de monitoramento Zabbix e o Red Hat Enterprise Linux.

Palestrante:

Alessandro SilvaPós-graduando em Gerência da Segurança da Informação e Especialista em TI Aplicada à Educação pelo NCE/UFRJ. Possui diversas certificações, dentre elas Red Hat Certified System Administrator, LPIC-3 e Zabbix Certified Specialist. Possui mais de 12 anos de experiência na indústria de TI, já palestrou em diversos eventos de Software Livre no Brasil e é autor de inúmeros artigos sobre o assunto. Atualmente, atua na equipe de GSS (Global Support Services) na Red Hat.

Link campuse.ro

Painel

Linguagens de programação livres: qual escolher?

linguagens

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Este painel irá ajudar você a conhecer e escolher uma linguagem livre para começar a desenvolver como por exemplo: PHP, Python, Ruby, Perl, entre outras. Os painelistas irão comentar sobre as linguagens adotadas pelos mesmos elencando as vantagens e motivações para o uso destas.

Palestrantes:

José Honorato Ferreira Nunes: Professor do IF Baiano, coordenador do curso de Licenciatura em Ciências da Computação, Especialista em Gestão da Informação, Bacharel em Análise de Sistemas e Técnico em Contabilidade. Usuário entusiasta e divulgador do software e da cultura livre, desenvolvedor de sistemas e empreendedor.

Anderson Casimiro: Atua como Development Technical Leader na OLX, cuidando da localização e atualização desse portal de classificados gratuitos. É co-fundador e ativista do PHPSP (Grupo de Desenvolvedores PHP de São Paulo). Em desenvolvimento é Especialista PHP e Generalista no ecossistema de Desenvolvimento Web. Opensource de religião, Rocker por paixão e Gamer por diversão.

Fernando Masanori: Docente da FATEC São José dos Campos, adora dar aulas. Criador do primeiro MOOC para ensino de programação em português: Python para Zumbis. Na primeira edição tivemos mais de 6 mil zumbis inscritos. Interesses: Python, Data Warehouse, Google Technology, Facebook.

Guilherme Mar: Analista de sistemas no Terra Networks em Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação recém formado pela ULBRA Canoas, desenvolvedor web e entusiasta Software Livre há anos, já palestrou no FISL e vários Fóruns Tchêlinux, sendo neste segundo um dos responsáveis pelo Fórum de Porto Alegre. É fã do Guia dos Mochileiros das Galáxias e Sherlock Holmes.

Fabio Akita: co-fundador da Codeminer 42, empresa de desenvolvimento de software principalmente para startups. Desde 2008 é o criador e organizador do Rubyconf Brasil, uma das maiores conferências de tecnologia da América Latina. Tem experiência de 20 anos no mercado de software, tendo passado pelo mercado de grandes agências, consultoria SAP corporativo e pelo primeiro boom de startups em 2000.

Link campuse.ro

Palestra

webtv.tar.gz - Um estúdio de WebTV que cabe na sua mochila

web tv

A proposta da palestra é compartilhar experiências de planejamento, construção e possibilidades de configurações de um estúdio de WebTV livre, a partir dos recursos materiais e lógicos necessários, bem como de equipamentos compactos e versáteis, de maneira que caibam numa mochila. Dentre as possibilidades potenciais de aplicação estão a configuração de estúdios de gravação de programas de vídeo e de transmissão ao vivo de eventos pela internet. Para cada uma das configurações, serão apresentados os softwares livres envolvidos no respectivo processo, seja o de gravação, captação de áudio, edição ou transmissão em tempo real.

Palestrantes:

Eduardo Lucas: Ativista pela liberdade e privacidade da internet; colaborador da TV Espírito Livre, na qual é responsável pelo projeto da plataforma de webTV e pela produção dos programas. Também participa do projeto de streaming livre Landell. É membro do Grupo de Usuários Debian-BR-ES e membro-fundador do LibrePlanet-BR-ES. Desde 2009 ministra oficinas e promove eventos ligados ao universo do software livre. Graduado em Desenho Industrial pela Universidade Federal do Espírito Santo.

Link campuse.ro

Palestra

Como contribuir com Software Livre?

 

contribuir

Hoje em dia muitas pessoas tentam contribuir com software livre e a maioria tem um final frustrante por não conseguir. O assunto abordado nessa palestra será um bate papo sobre como começar a contribuir e entender como os líderes do projeto veem sua colaboração!

 

 

Palestrantes:

 

Thiago Avelino

Thiago Avelino é Software Engineer na UP! e Matemático pela IME/USP, especialista desenvolvimento assíncrono, sistemas distribuídos e parsers, atuante na comunidade open source, sendo core desenvolvedor de projetos como Django, MongoDB, Riak, MongoEngine e outros. Com a necessidade de processar grandes volumes de dados o seu foco de pesquisa e desenvolvimento incluem Go, Python, NoSQL, sistemas distribuídos e assíncrono.

 

Link campuse.ro

 

Painel

Governos e software livre - investindo dinheiro público em tecnologias abertas

 

governos

Este painel terá o formato de retrospectiva no qual cada convidado apresenta sua questão sobre o tema e logo após iniciamos um debate com interação do público presente, para entender o que está sendo feito e o que podemos fazer para o fortalecimento do apoio à Produção de Software Livre no Brasil, em especial, dentro dos Governos.

Palestrantes:

Paulo Henrique de Lima Santana: Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trabalha com administração de redes e sistemas GNU/Linux em Curitiba. Entusiasta de Software Livre, participa de diversos grupos de atuação e já palestrou em edições do FISL, da Latinoware e da Campus Party. Já coordenou a organização de eventos como ENECOMP, FLISOL, SFD, e DFD, participou ativamente no time responsável pela Área de Software Livre da CPBR5 além de ser o curador da Área durante a CPBR6, CPRecife1 e CPRecife2.

Luis Felipe Coimbra Costa: Diretor do Departamento de Sistemas de Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento e atual coordenador do Portal Software Público Brasileiro.

Everton Melo: Trabalha com suporte a infraestrutura desde 2004. Inicialmente trabalhou com Windows e Hardware (posteriormente Linux), trabalha no SERPRO, é vice-coordenador do comitê de Software livre da Regional São Paulo, membro co-fundador da comunidade de software livre alto tietê e é MCP.

Klaibson Natal Ribeiro Borges: Pós-graduando em Gerência de Projetos de TI e Administração de Empresas, ambos Unisul, Universidade do Sul de Santa Catarina. Professor do Senai/SC, Unidade São José nos cursos de Qualificação, Aprendizagem Industrial, Pronatec e diversos Cursos Técnicos. Trabalhou em diversas escolas profissionalizantes como instrutor de informática e rotinas administrativas entre os anos de 2004 à 2009. Possui o blog www.officelivre.ws e autor do ebook LibreOffice Para Leigos, lançado em abril de 2011.

 

Sergio Mauro Santos Filho

Sergio Mauro Santos Filho: Formado em Engenharia Eletrônica pela Escola Politécnica da USP, atuou na área de Tecnologia de Informação e Comunicação e na gestão de instituições da administração pública indireta, empresas privadas e organizações não governamentais. Atualmente é Diretor de Relacionamento e Desenvolvimento da Prodam-SP.

Vinícius Wu: Vinícius Wu, Historiador pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), atualmente Secretário-Geral de Governo do Estado do Rio Grande do Sul e Coordenador do Gabinete Digital, exerceu as funções de assessor especial do ministro da Justiça, chefe de gabinete da Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça. Também foi membro do Conselho Nacional de Juventude da Presidência da República. Nos dois primeiros anos do Governo Tarso Genro, comandou a Chefia de Gabinete do Governador. Twitter: @vinicius_wu

 

Link campuse.ro

Palestra

Open Web Platform

Open web Platform

Empresários, profissionais e empreendedores debatem o mercado de
software livre no Brasil, suas experiências e expectativas sobre novos
rumos e oportunidades de negócio com software livre. A dinâmica deste
painel é interagir com o público presente, tirando dúvidas de como é
possível ganhar dinheiro com software livre ou como iniciar seu
próprio negócio.

Está surgindo uma nova era, e poucos ainda se manifestaram sobre ela. É a era da Plataforma Aberta da Web. Mais do que o rótulo de HTML5, as tecnologias ligadas à web vão sofrer uma revolução com os novos recursos agregadores de mídias, armazenamento e transmissão de dados. É mais do que um conjunto de tecnologias abertas. É um ecossistema semântico de pessoas, conteúdos, ferramentas e metodologias que permitem uma abordagem holística da nossa relação com o mundo digital, impactando a maneira como nos relacionamos, comunicamos, produzimos e consumimos.

Palestrantes:

Valéssio Soares de Brito: Jacobinense, hacker, artista digital e ativista do conhecimento livre. Especialista em Desenvolvimento de Software Livre e Graduado em Comunicação Social. Trabalhou no Programa Onda Solidária de Inclusão Digital, desenvolvido pela UFBA – Universidade Federal da Bahia, no período de 2009 a 2012, desenvolveu ambientes virtuais e outras ações para a Cooperativa de Tecnologias Livres – COLIVRE e foi Consultor PNUD para design de interfaces e tecnologias livres na Secretaria de Assuntos Legislativos no Ministério da Justiça.

Cesar Cusin: Doutor em Ciência da Informação. Professor e Coordenador de Pesquisa do Curso de Sistemas de Informação e Coordenador de Pós-Graduação e Pesquisa da Faculdade Paraíso (FAPCE). Membro do Grupo de Trabalho de Acessibilidade do W3C Brasil.

Clécio Bachini: Fundador da Soyuz, palestrante e professor. Desenvolvedor Web desde 1997. Co-Autor do livro Open Web Platform (Brasport, 2013).

Fabio Flatschart: Marketing & Digital Publishing na Soyuz, Sócio na Flatschart Consultoria. Professor no MBA da FGV e FIA. Autor da Editora Brasport.

Link campuse.ro

Cadastre-se
357324
Produtos Oficiais #CPBR7